******
Folha de Óbidos no TwitterFolha de Óbidos no Youtube
sem-pelo

Anuncio

fazendario

Livros

cornelio-livrocanto-livro

Enquete

Artigos

ENVIE SEU ARTIGO OU NOTÍCIA
Apenas os usuários cadastrados com e-mail validado podem enviar artigos.
Clique aqui para fazer o cadastro no site Folha de Óbidos. E participe!


:: DÚVIDAS: Veja aqui os Vídeos Tutoriais

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com



Sex, 12 de Setembro de 2014 00:40

ALGUÉM LEMBROU DAS OUTRAS?

Escrito por Célio Simões
Qualifique este item
(0 votos)
Segundo matéria divulgada esta semana pela “Folha de Tucuruí”, a cidade é a 10ª mais violenta do Pará e a 29ª em uma lista das 50 mais violentas do Brasil. Ocupa também lugar de destaque nesse ranking a próspera Marabá, com a 3ª colocação e o imbatível 1ª lugar no Pará. O Estado tem 15 (30%), das 50 cidades mais violentas do país. O Brasil possui 5.565 municípios sendo o Pará o terceiro Estado mais violento do país. Na última década, Alagoas, Pará e Bahia ascenderam de 11°, 21° e 23° lugares, respectivamente, para 1°, 3° e 7° mais violentos. Somos hoje, portanto, o segundo estado onde mais se comete crime no Brasil. Triste realidade. O quadro abaixo ajuda a visualizar esse descalabro:    Classificação no Pará Classificação No Brasil As cidades Paraenses Mais violentas. 01 03  Marabá 02 06  Ananindeua 03 13  Goianésia do Pará 04 17  Itupiranga 05 18  Tailandia 06 21…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qui, 04 de Setembro de 2014 15:58

VIOLÊNCIA DESENFREADA

Escrito por Haroldo Figueira
Qualifique este item
(0 votos)
Anos atrás, escrevi a crônica “A Boca da Surucucu” discorrendo sobre o tema da violência urbana no país, inspirado na expressão “olha a boca da surucucu!” utilizada metaforicamente pelo Mariano, um amigo dos tempos de juventude, como forma de chamar a atenção para situações de perigo iminente. Volto ao assunto, visto que o problema de lá para cá só fez agravar-se.De fato, hoje são tantas e tamanhas as ocorrências de ações violentas que, para qualquer lugar onde se volva o olhar, a presença delas quase que invariavelmente se faz notar. E me refiro aqui apenas às condutas agressivas de ordem física que, na maioria dos casos resultam em morte, deixando de comentar as de caráter moral, certamente não tão letais, mas nem por isso menos dignas de repúdio.Atentar contra a vida do outro se transformou em uma espécie de modalidade esportiva macabra. Tira-se a vida alheia como se fosse um…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Seg, 25 de Agosto de 2014 12:33

O agosto a contragosto

Escrito por Aristides Dias
Qualifique este item
(0 votos)
Para os que acreditam em superstição o mês de agosto é considerado o mais pesado dos dozes meses do calendário. Para muitos é considerado o mês negro. Isso tudo baseado em alguns registros sinistros que mexeu com muitos brasileiros. Entre eles o suicídio de Getúlio Vargas (1954), o acidente com Juscelino Kubitschek (1976). O gesto do presidente Vargas que entrou para história, completou 60 anos agora no dia 24 de agosto. Mais recentemente temos o acidente do candidato a presidente Eduardo Campos que num acidente aéreo no dia 13 de agosto perdeu a vida juntamente com mais seis pessoas. Para inflamar mais ainda os supersticiosos, no domingo em que se passavam 60 anos da morte de Getúlio, a cidade de Óbidos é pega de sopetão com mais uma tragédia, o acidente de carro que ceifou a vida de uma pessoa muito conhecida de todos e que gozava grande prestígio entre…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Seg, 18 de Agosto de 2014 14:09

ANTIGOS E BONS COMPANHEIROS

Escrito por Haroldo Figueira
Qualifique este item
(1 vote)
Parece fora de questionamento que a juventude é a fase da existência humana mais fecunda para se fazer amigos. Amizades nascidas nesse período, em razão de seu caráter desinteressado e espontâneo, não se dissolvem facilmente. Podem eventualmente até esfriar em função dos distanciamentos físicos provocados pelos rumos diferentes que a vida traça para cada um de nós. Subsistem nas recordações, contudo.   Construí muitas amizades ao longo da vida. Umas foram cultivadas dentro de um período de convivência mais prolongado, outras em lapsos mais curtos. Em algumas, o relacionamento interpessoal foi rompido, não por ato voluntário das partes envolvidas, mas pela interveniência intempestiva da morte. De toda sorte, tanto as lembranças dos amigos que ficaram, quanto as dos que partiram para o além, guardo-as dentro de mim como algo precioso. Hoje me vieram à mente três antigos companheiros com quem convivi por tempo relativamente curto. Em comum no trio o…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qua, 06 de Agosto de 2014 22:43

A geladeira

Escrito por Aristides Dias
Qualifique este item
(0 votos)
Depois de passados os 13 dias de festividade, onde a cidade de Óbidos ficou mais agitada do que o seu normal, devido ao fluxo de pessoas que vieram de fora prestigiar a sua padroeira. A cidade começou a tomar sua rotina diária. O silêncio, a tranquilidade, os moradores nos seus bate pernas rotineiros, onde sempre ocasionam encontros memoráveis, sempre com histórias hilárias na ponta da língua para contar. Foi num desses momentos que eu, como um dos “últimos moicanos” que ainda resistia em partir, tive o prazer de desfrutar de alguns momentos das inúmeras lembranças do Sr. Ronaldo Pantoja, de alcunha Cachinga, considerado por muitos como o maior jogador de futebol que Óbidos já teve. No aprazível lanche do Julinho, pessoa que dispensa comentários quando se trata de receber seus amigos em seu estabelecimento, o papo rolava descontraído entre os “últimos dos moicanos”, um grupo de renitentes em seguir viagem.…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Seg, 07 de Julho de 2014 12:37

Ao amigo Mandiola

Escrito por Jorge Ary Ferreria
Qualifique este item
(1 vote)
Neste momento de tantas inversões de valores precisamos incentivar atitudes nobres, comprometidas com bons modos, boas condutas e ética que valorizem a relação humana independente das diferenças. Atitudes que percebam a passagem das pessoas no plano terreno como passagem coletiva e não só como um jogo onde apenas poucos triunfam. Não podemos esquecer, no entanto, os fatos carregados de sentimentos menores e nem tampouco deixar de puni-los, quando necessário. Precisamos rever os códigos e conceitos que dão rumo à convivência social, que já estão totalmente ultrapassados, sem tornar nossas vidas mais amargas, pois isso a mídia brasileira já se encarrega de fazer com bastante eficiência. Digo isso com base num documentário que vi, mostrando que as câmeras instaladas em vias públicas nas grandes cidades registram mais atos de solidariedade, praticados por anônimos, do que atos delinquentes. No entanto, somente estes ganham espaço na mídia. Apenas o mal se faz notícia…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qua, 25 de Junho de 2014 16:19

UM ATÉ BREVE

Escrito por Nicias Ribeiro
Qualifique este item
(0 votos)
Quando não me elegi em 2006, mesmo tendo mais de 75 mil votos, imaginei que havia chegado a hora de parar. Afinal, já havia exercício mandatos eletivos por 30 anos consecutivos, desde Vereador de Belém, eleito na eleição de 1976, além de ter sido três vezes Deputado Estadual e quatro vezes Deputado Federal.    Como Vereador de Belém, fui líder da bancada do saudoso MDB fazendo oposição à administração da antiga ARENA, em pleno regime militar. Dois anos depois, fui o único Vereador de Belém eleito Deputado Estadual, numa bancada de onze deputados de oposição. Em 1982 fui reeleito deputado estadual e era líder da maioria, quando, no domingo de Páscoa, em 1984, sofri aquele brutal acidente que mutilou a mim e a minha família, e que me levou a fazer 23 cirurgias. Mas, pela graça de Deus, sobrevivi e ainda salvei a minha perna, cujo joelho ficou “anquilosado”, sem…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qui, 12 de Junho de 2014 09:51

A COPA E O HEXA

Escrito por Nicias Ribeiro
Qualifique este item
(0 votos)
Amanhã, 12 de junho, começa o maior torneio futebolístico do mundo, a Copa do Mundo da FIFA, que, neste ano, se realizará no Brasil e cuja solenidade de abertura ocorrerá no estádio do Corinthians, em S. Paulo, onde logo após haverá o jogo do Brasil com a Croácia, ocasião em que vem a esperança de que o futebol, a mais potente magia esportiva jamais criada pelas sociedades humanas, possa propiciar aos brasileiros um momento de alivio para as dificuldades e frustrações, vividas no seu dia-a-dia, inclusive, o sonho de que essa seria a “melhor” Copa que o mundo veria desde a primeira, em 1930.Em 1950, aquela fatídica Copa que o Brasil perdeu para o Uruguai na final, em pleno Maracanã, eu não a vivenciei, pois tinha apenas dois anos. Também não lembro da de 1954, pois ainda era muito menino. Porém na de 1958, já com 10 anos, lembro-me do surgimento…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qua, 04 de Junho de 2014 08:50

O BRASIL E A NAÇÃO

Escrito por Nicias Ribeiro
Qualifique este item
(0 votos)
No ultimo programa “Painel”, da Globonews, os especialistas concluíram que as contas públicas brasileiras estão desarranjadas. E voltou-se a falar nas reformas fiscal e tributária. E é indiscutível a necessidade de fazê-las, até porque o Estado brasileiro cresceu. E como um “narciso”, enamorou-se da sua própria força e beleza. E ufano de suas riquezas, vaidoso de sua potência, achou que era um fim em si mesmo. E esqueceu-se de que o homem é que foi criado a imagem e semelhança de Deus e que foi o homem quem o criou para seu serviço. E na sua autoadmiração, o Estado brasileiro agiu como se o homem fosse por ele criado para construir a sua grandeza. E na sua mania de grandeza agigantou-se. E na sua mania de riqueza ficou perdulário, endividou-se.            Para sobreviver, começou a taxar cada vez mais a Nação até que os seus tributos ficaram bem acima…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qua, 21 de Maio de 2014 21:02

A LUTA QUE É DE TODOS

Escrito por Nicias Ribeiro
Qualifique este item
(1 vote)
No início do século XX, a Amazônia, e em particular o Pará, viveu a fase áurea da borracha. São Paulo era o maior produtor de café; a Bahia do cacau e assim por diante.   Nos anos 50, São Paulo foi gradativamente perdendo a primazia de ser o maior produtor de café e passou a se industrializar cada vez mais. A Bahia, além do cacau, passou a produzir petróleo. E Minas, além de criar zebu, construía suas primeiras hidrelétricas e ganhava sua siderúrgica.   Nos anos 70, São Paulo consolidou-se como o maior parque industrial do País. Minas, juntamente com Goiás e o Rio Grande do Sul, tornaram-se referência na pecuária. A Bahia, como maior produtor de cacau e de petróleo. O Paraná como maior produtor de café, desbancando São Paulo. E o Pará? O Pará surge como detentor da maior província mineral do mundo, na Serra dos Carajás, do…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
Página 9 de 21

Últimos Comentários

top