******
Folha de Óbidos no TwitterFolha de Óbidos no Youtube
sem-pelo

Anuncio

haber

Livros

cornelio-livrocanto-livro

Enquete

Artigos

ENVIE SEU ARTIGO OU NOTÍCIA
Apenas os usuários cadastrados com e-mail validado podem enviar artigos.
Clique aqui para fazer o cadastro no site Folha de Óbidos. E participe!


:: DÚVIDAS: Veja aqui os Vídeos Tutoriais

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com



Sáb, 06 de Agosto de 2016 10:38

FRANCISCO DE ASSIS – A ORAÇÃO – 2ª PARTE

Escrito por Edilberto Santos
Qualifique este item
(0 votos)
                          Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. *Onde houver erro, que eu leve a verdade. Nada mais iníquo e prejudicial do que o erro, e os exemplos estão por aí notadamente nos noticiários da imprensa que, vez por outra, ressaltam exemplos como os erros judiciais que levam pessoas a passar anos presos em presídios superlotados e ambiente desumano, além de outros erros que cometemos e que levam à injustiça. Também aqui pede Francisco forças para se contrapor ao erro, mostrando sua postura “reativa” diante da existência do erro esteja ele onde estiver, haja ele “onde houver” e em rogativa, pede ao Divino para também nesses casos, ser o instrumento para a promoção do que chamo de “contraponto” do erro e que nesta estrofe é a Verdade. A Verdade sempre espanca o erro, a iniquidade, a injustiça e traz paz, justiça, harmonia e tantos outros benefícios que são consoantes com os ensinamentos de Deus, e…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Dom, 03 de Julho de 2016 12:29

FRANCISCO DE ASSIS – A ORAÇÃO – 1ª PARTE

Escrito por Edilberto Santos
Qualifique este item
(0 votos)
                       SIGNORE, fa’ di me uno strumento della tua pace. Dove c’è odio, io porti amore. Dove c’è discordia, io porti l’unione. Dove c’è errore, io porti la verità. Dove c’è dubbio, io porti la fede. Dove c’è disperazione, io porti la speranza. O Divino Maestro, che io non cerchi tanto di essere consolato quanto di consolare. Non di essere compreso quanto di comprendere. Non di essere amato, quanto di amare. Infatti: donando si riceve. Dimenticandosi si trova comprensione. Perdonando si è perdonati. Morendo si risuscita alla vera Vita. (Oração de São Francisco de Assis original em Italiano)   Volto ao tema proposto em artigo anterior sobre SÃO FRANCISCO DE ASSIS, agora para tecer alguns comentários sobre esta bela Oração atribuída a ele, e que retrata muito bem o sentimento que o dominava quando após O “chamado” de Deus, promoveu uma guinada vertiginosa em sua vida se tornando como…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qui, 30 de Junho de 2016 18:19

O QUADRILHEIRO DO BEM

Escrito por Haroldo Figueira
Qualifique este item
(0 votos)
A certa altura de nossa caminhada terrena, quando se olha para trás, vê-se que já são muitos os amigos que tombaram pela estrada, alguns de forma prematura, até. Gente próxima, que conviveu conosco na infância, no período da juventude ou no ambiente de trabalho. Relutamos em aceitar as perdas, mas, infelizmente, essa é a realidade de nossa trajetória existencial. Uns vão antes, outros depois, mas, inescapavelmente, todos temos que partir uma dia.  A morte, porém, não é o fim de tudo. Vai-se o ser humano, ficam as suas lembranças. O interessante é que, ao evocá-las, nossa memória costuma funcionar de modo seletivo, isto é, traz à tona apenas recortes agradáveis da vida dos entes que nos deixaram. E isso, de certa forma, parece fazer sentido, pois nos ajuda a lidar melhor com a saudade e o vazio da separação.  Dias atrás soube da morte do Sérgio Santos. A notícia de seu passamento me encheu de pesar. Não só pelo fato de que foi uma pessoa com quem mantive relação de amizade, mas também por ter sido possuidor de algumas aptidões sociais e esportivas que me causaram grande admiração. Ocorre-me citar pelo menos três atividades…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qui, 16 de Junho de 2016 17:00

OUTROS TEMPOS

Escrito por Haroldo Figueira
Qualifique este item
(0 votos)
Vivemos tempos perigosos. A violência, sobretudo aquela promovida pela criminalidade, revela-se cada vez mais avassaladora e fora de controle. A sensação dominante é a de que a insegurança tomou conta da convivência social. Nada parece a salvo da ação violenta dos bandidos. Nem a vida humana, muito menos bens patrimoniais.Andar por aí portando valores pode ser fatal. Aliás, sair sem dinheiro também é arriscado. Medidas preventivas como contratar sistemas eletrônicos de proteção, usar carros blindados, erguer cercas elétricas, contratar vigilância armada não tem adiantado muito. Não ser roubado, sequestrado, agredido, assassinado, passou a ser questão de sorte, de muita sorte. A impressão que se tem é a de que o Estado como provedor de segurança dos cidadãos tornou-se impotente. E pensar que no período da minha juventude tocava-se a vida com relativa tranquilidade...De fato. Violência sempre existiu, nunca, porém, em níveis tão alarmantes como os de agora. Para se ter…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Dom, 12 de Junho de 2016 09:43

Tico faz anos

Escrito por Amaury Dantas
Qualifique este item
(0 votos)
Esta semana que entra será festejado o aniversário de Tico, oito anos. Tico teve a asa ferida em pleno voo quando cruzou com linha enceradíssima de uma rabiola do Umarizal. Como a linha atingiu exatamente articulação de braço e antebraço, a penosa consequência foi amputação da asa esquerda. Desde então, abrigado no espaço nobre do canal da Doca de Sousa Franco, isto é, entre Boa Ventura e Domingos Marreiros, ou melhor, à frente dos edifícios Orion, Visconde, Hiper-Líder e, do outro lado, sob os olhares de Eneida de Moraes e Ismael Nery, Tico sobrevive modestamente.Adotado por moradores, jornaleiros, vendedores de frutas, esportistas, maratonistas amadores ou simples andarilhos preocupados com infarto e colesterol, Tico tornou-se mascote querido e digno representante dos urubus entre os homens de boa vontade.Aliás, no ecossistema referido também se pode ver outros indivíduos de diferentes espécies: uma garça soberba apelidada de Ana Botafogo que só fala com…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qua, 01 de Junho de 2016 13:22

(Des) valorização do docente brasileiro.

Escrito por Francerlei dos Santos
Qualifique este item
(0 votos)
É possível vivenciar no Brasil atual a palavra "crise", pois se fala em: crise política, crise econômica, crise social... Mas onde realmente está a crise brasileira? A verdadeira crise do Brasil está na EDUCAÇÃO. Diariamente é possível acompanhar (e vivenciar) em noticiários, profissionais da educação em greve por valorização e respeito à classe, e em contrapartida é possível presenciar, também, na mesma notícia, professores sendo humilhados (espancados) por lutar por seus direitos. consequentemente, profissionais da educação se sentem desmotivados a seguir a profissão e novas investiduras nessa área tendem a diminuir por falta de respeito com a classe educacional. Outro problema que contribui para isso e para a desvalorização do profissional da educação, é a qualidade física da escola, que na maioria das vezes são precárias e com turmas super lotadas, assim como: cortes nos gastos com a educação, atraso de salário, salário baixo, falta de materiais didáticos e para didáticos, merenda…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Ter, 31 de Maio de 2016 16:34

FRANCISCO DE ASSIS – BREVE OLHAR

Escrito por Edilberto Santos
Qualifique este item
(0 votos)
ndamente a problemática do seu tempo e de seu povo, são tão humanos que permanecem como inspiração para todos os tempos e todos os povos. Francisco de Assis é um desses homens raros que, ao longo dos séculos, das latitudes e longitudes, interpelam, questionam, desinstalam”. Dom Hélder Câmara.  Em data que não se pode precisar, mas estimar entre a 2ª metade do ano de 1181 e o 1º semestre de 1182 nasceu na cidade de Assis (Itália) um menino que recebeu de seus pais o nome de GIOVANNI DI PIETRO DI BERNARDONE filho de um comerciante chamado Pietro di Bernardone dei Moriconi e de sua esposa Pica Bourlemont, nome que posteriormente seu pai, bem sucedido comerciante em Assis cuja família integrava a rica burguesia daquela cidade, mudou para FRANCISCO em homenagem à França origem de sua esposa e mãe do garoto, ficando aquela criança conhecida em Assis como o “pequeno francês”.  Cresceu e foi educado como qualquer menino rico da cidade de Assis, e quando ainda jovem e tendo à disposição a riqueza material que lhe proporcionava a família, tornou-se popular entre seus amigos de juventude em razão de seu…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
Qualifique este item
(2 votos)
Óbidos com um olhar diferente, vamos olhar o futuro sem esquecer do passado. Eu (Cláudio Florenzano) fui passar 5 dias(12 a 17 de Maio) em minha cidade natal Óbidos, para o recebimento de um título de honra ao mérito, por trabalhos na que realizo na área de tecnologia da informação, que ajuda milhares de pessoas diariamente. Ratifico aqui meu agradecimento por isso a toda população da cidade. Por isso mesmo agora como cidadão obidense portador deste feito, venho aqui defender, que precisamos olhar para o futuro, sem jamais esquecer de nossas origens e antepassados, afinal somos conhecidos como a ‘cidade mais portuguesa’. E não é um por acaso, se você ainda não sabe o nome Óbidos é originário de uma cidade portuguesa, que em latim significa “Cidade Fortificada” ou “Cidadela”. Resolvi explorar alguns lugares de nossa cidade, com uma câmera na mão, registrei pontos, mostrando que temos grande potencial turístico,…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Sex, 06 de Maio de 2016 15:17

OS PROPÓSITOS DA PRECE

Escrito por Edilberto Santos
Qualifique este item
(0 votos)
Estava eu assistindo uma palestra em DVD do festejado palestrante espírita baiano DIVALDO FRANCO, quando aquele insigne conhecedor da doutrina espírita discorria sobre o tema principal e “en passant”, mencionou quais eram ou pelo menos deveriam ser os propósitos da prece. Abandonei o tema principal para me fixar neste aspecto de sua longa exposição, interessado em refletir mais de perto sobre as razões que devem orientar a prece seja esta proferida por católicos, evangélicos, espíritas ou por quem professe qualquer religião posto que a prece, a oração ou a reza têm sempre a finalidade de estabelecer um contato daquele que reza, ora ou recita a prece com o Divino em quem deposita sua fé. Dizia Divaldo que a PRECE tem três finalidades básicas e assim começou citando a primeira que é a finalidade de LOUVAR. Quando oramos contritos e com nossos pensamentos voltados à divindade da nossa crença, inicialmente nossas…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com


Qui, 05 de Maio de 2016 09:49

MÃE É MÃE

Escrito por Haroldo Figueira
Qualifique este item
(0 votos)
Toda vez que penso no nome mãe, a imagem que me vem à mente é a de um rio que nasce de uma pequena fonte e, ao longo do trajeto, vai recebendo contribuições de seus afluentes, até transformar-se em um caudaloso curso d’água. Parece fazer sentido, mãe é uma palavra curta em extensão, mas que se agiganta quando se lhe agregam os múltiplos predicados que meritoriamente a completam. Mãe é carinho, mãe é ternura, mãe é devotamento, mãe é generosidade, mãe é proteção, mãe é confiança, mãe é segurança, mãe é paciência, mãe é desvelo, mãe é diligência, mãe é atenção, mãe é sacrifício... E a lista segue interminável. Mãe é a encarnação do amor, enfatizam alguns com toda a segurança. Teriam razão? Creio que sim. Dentre as muitas acepções que o vocábulo amor admite, encontra-se aquela que o conceitua como doação de si. Ora, quem dentre os seres humanos…
Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
Página 3 de 21

Últimos Comentários

top